Mendanha pede que goianos não compartilhem fake news

Ex-prefeito de Aparecida e pré-candidato ao governo de Goiás, Gustavo Mendanha (Patriota), pediu atenção aos goianos para não divulgarem fake news. Pelo Twitter, ele escreveu neste domingo (8): “A turma da maldade não descansa. Fique sempre alerta e, na dúvida, não espalhe.”

Junto com a legenda, Mendanha publicou uma foto também. “Na era da informação e das redes sociais, nem tudo é o que parece. Os recursos para disseminar notícias falsas estão cada vez mais sofisticados. Até montagens inserindo o rosto de uma pessoa em vídeo falso (deep fake) estão mais difíceis de perceber. Fique atento”, diz o texto da imagem.

Vale lembrar, ele o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) foram vítimas da mesma fake news, no mês passado. Montagens colocaram os adversários políticos com um comentário que, na verdade, foi feito pela presidente do PT, Gleisi Hoffman.

“Inflação da cesta básica já bate 21% em doze meses. Com isso, o preço dela já equivale a 58,57% do salário mínimo e a fome que atinge 19 milhões de brasileiros deve se agravar. E Bolsonaro? Tá fazendo o quê?”, diz o texto da petista publicado em rede social.

À época, Mendanha afirmou: “A campanha eleitoral nem começou e uma enxurrada de mentira circula pelos aplicativos de mensagens tentando desinformar a população. Na noite desta segunda, 18, circulou esta montagem grotesca e mentirosa. Reforço meu compromisso com a verdade e a absoluta transparência.”

Já Caiado disse que que quem não tem argumentos e propostas apela para fake news. “Numa montagem grosseira, adversários estão espalhando como se fosse minha uma postagem da deputada Gleisi Hoffman sobre cesta básica e governo federal. Nunca fiz tal comentário.”