Servidora pública morre após caixa d’água desabar sobre sua cabeça, em Cristalina

Uma mulher de 30 anos morreu após uma caixa d’água de 5 mil litros desabar da estrutura e cair sobre sua cabeça. O caso aconteceu nessa última segunda-feira (23), na Escola Municipal Souza Lima, em Cristalina, a 230 quilômetros de Anápolis.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar o socorro da vítima, mas a mulher já estava morta quando os socorristas chegaram. Segundo a direção da unidade escolar, a vítima atuava como auxiliar de serviços gerais e trabalhava no momento do acidente.

À Polícia Militar (PM), a diretoria da escola disse que antes do acidente, uma equipe enviada pela Secretaria da Educação havia realizado a troca da caixa d’água, pois a antiga estava com vazamento. Durante o enchimento da nova caixa d’água, a estrutura cedeu e caiu na servidora.

Ao Mais Anápolis, a PM informou que quando chegou na escola, encontrou a estrutura metálica destroçada no chão, a base de sustentação da caixa d’água com o topo quebrado e ao lado o corpo da vítima.

À PM, os funcionários da instituição afirmaram que retiraram a estrutura de cima da vítima assim que perceberam a tragédia. Uma outra servidora também teve ferimentos leves com a queda da caixa d’água, mas foi atendida no local pelos socorristas.

Nas redes sociais, a Prefeitura de Cristalina lamentou a morte da servidora e informou que até a próxima semana, a Polícia Técnica do Estado de Goiás vai realizar uma perícia e um laudo para apontar a causa do acidente.

Ressaltou ainda que “a Administração Municipal e a Secretaria estão dando o suporte necessário em momento tão difícil, especialmente para familiares e colegas, e deixam registrados seus sentimentos de pesar e tristeza pela irreparável perda” divulgou em uma postagem no Instagram.