PM procura três suspeitos de quadrilha que praticou roubos em show sertanejo, em Goiânia

Militares de batalhões especializados já prenderam dois dos cinco homens que foram filmados, no último domingo (5), roubando uma corrente de ouro do frequentador de um show sertanejo em Goiânia. Oito correntes, duas pulseiras, e três relógios foram apreendidos.

A primeira prisão foi efetuada na noite de segunda-feira (6), por militares da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam), no Jardim Novo Mundo. Com o suspeito, que não teve o nome, nem a idade divulgados, os PMs recuperaram quatro correntes, e uma pulseira de ouro roubadas.

O segundo suspeito, que foi quem puxou a corrente de ouro do frequentador do show, foi localizado e preso na manhã de hoje (segunda), também no Jardim Novo Mundo, por militares do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer). Ele tinha, em casa, quatro correntes de prata, uma pulseira, e três relógios.

A suspeita é que todas as peças tenham sido roubadas durante o show da dupla sertaneja Henrique e Juliano, realizado no estacionamento do estádio Serra Dourada. A PM não divulgou nomes, mas repassou as imagens dos dois presos a imprensa para que novas vítimas, caso os reconheçam, possam denúncia los.

Demais integrantes da quadrilha já foram identificados

Além de prender a dupla, a PM já identificou os outros três homens que também foram filmados agindo no estacionamento do Estádio Serra Dourada. Eles ainda não foram localizados, mas há indícios de que todos façam parte de uma quadrilha que comete furtos e roubos de jóias e relógios em grandes eventos, tanto em Goiânia, como no interior do estado.

Imagens feitas pelos cinco suspeitos antes do show do último domingo, e que foi postada em uma rede social, já estão em poder da polícia. Na foto, eles aparecem com as mesmas roupas com que foram filmados agindo durante o show.