Onça criada como animal de estimação no Amazonas é levada para Instituto em Goiás; vídeo

Uma onça-pintada criada como animal de estimação por uma família no Amazonas foi levada para um instituto de preservação na cidade de Mineiros, região Sudoeste de Goiás. A transferência ocorreu no sábado (11) e foi organizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama). A viagem foi de quase 3 mil km.

Segundo informações do Ibama, os donos encontraram a onça recém-nascida, passaram a amamentá-la, nomearam como Kiara e a criavam como membro da família. Aos 8 meses de idade, porém, o felino passou a preocupar a família, pois começou a sair do quintal e frequentar a vizinha.

Com medo do ataque do animal a algum vizinho, a família procurou o Instituto Onça-Pintada, uma Organização Não Governamental (ONG) dedicada a promover a conservação da espécie.

No local, Kiara é atendida por uma equipe especializada no atendimento de filhotes órfãos. O Instituto conta com 25 onças em cativeiro, em condições de reprodução para a preservação da espécie. A ONG possui o maior plantel reprodutivo de onça-pintada no mundo.