Operação apreende maquinários e insumos agrícolas furtados, em Bom Jesus de Goiás

Polícia Civil realizou nos dias 14 e 15 de julho a segunda fase da Operação Impunitas, com o objetivo de apurar a suposta origem ilícita de maquinários, insumos e implementos agrícolas. A ação aconteceu na zona rural da cidade de Bom Jesus de Goiás, no Sul do estado, onde também ocorreu a primeira parte da ação, entre os dias 7 e 11 de julho. À época, a apreensão foi de cerca de R$ 3 milhões em itens irregulares.

O delegado responsável pelas investigações, Danilo Matos, informou que ainda não se sabe se há uma organização criminosa por trás dos furtos. “Partimos de uma denúncia anônima sobre um trator furtado. Chegando no local, fizemos uma vistoria e identificamos que existiam outros produtos e maquinários de origem não identificada. Alguns estavam sem tarjeta, plaqueta de identificação e, no casos de implementos agrícolas, alguns com numeração raspada”, relatou o investigador.

Somente na primeira fase da operação, apreensões foram de cerca de R$ 3 milhões em itens irregulares. (Foto: Divulgação – PC)

Nesta segunda fase, os agentes civis apreenderam: dois tratores Massey Ferguson, modelos 4283; 31 implementos agrícolas; uma motocicleta com sinais identificadores com vestígios de adulteração; um caminhão Mercedes-Benz, com sinais de identificadores com vestígios de adulteração; duas carretas bitrem, com sinais de identificadores com vestígios de adulteração e aproximadamente 32 toneladas de fertilizantes de origem ilícita.

A polícia destaca que a compra e venda de objetos de origem ilícita acaba por fomentar a própria subtração destes bens, o que se busca coibir com as ações desenvolvidas. As investigações prosseguem com o objetivo de identificar todos os envolvidos com os fatos. Até o momento, ninguém foi preso.

Itens apreendidos tinham sinais de adulteração (Foto: Divulgação – PC)